top of page
bewave.perfil.png

be wave.

. um blog para a cultura .

"vas a quedarte" por onde passares, aitana

famílias inteiras marcaram o último dia de o son do camiño que contou com um público bem jovem com brilhantes e borboletas, como o concerto mais esperado da noite pedia.


© be wave

naquele que foi o seu segundo festival aitana confessou estar "um bocadinho nervosa" e sem saber se as pessoas saberiam realmente as suas músicas, mas nem isso a fez entrar de uma forma diferente em palco. a delicadeza e a força da artista que está numa clara fase de crescimento e mudança estiveram sempre lá.


e foi "en el coche" que abriu o espetáculo, entre os bailarinos que a acompanhavam, e pôs todos "bailando así". e ainda que "11 razones" para esquecer, não há quem se vá esquecer do nome da artista que começou na operação triunfo, em 2017.


e, entre beijos - muitos - e gritos histéricos do público- muitos também -, o concerto seguiu com uma "habitación un poco desordenada" e umas palavras em galego, que a sua amiga miriam lhe ensinou. "emociono-me muito facilmente, sou assim. este é o meu segundo festival e tinha um bocado de medo, mas já está a ser uma loucura", disse antes de interpretar "si no vas a volver". e foi aumentando a energia até "mon amour", que, contou, para si, é uma música "de verão".


uma das músicas mais esperadas da noite. "vuelan mariposas, ya no quedan rosas", cantaram os fãs em coro. e logo se ouviu "tengo la curiosidad de saber cómo besas", con "quieres".


está claro. aitana já é uma referência em espanha e a sua comunidade tem essa bandeira bem levantada. não precisa de pedir que o público a acompanhe, não precisa que levantem telemóveis ou que se divirtam. os festivaleiros sabem bem onde estão.


confessando que fala muito e conta muito da sua vida nos concertos, disse que tem a sorte de ir a vários concertos e que há sempre uma música que é a favorita dos fãs. e referiu-o para anunciar "um momento muito especial", porque ia deixar que cantassem sozinhos. "esta canção chama-se "vas a quedarte"", anunciou já com o público a cantar para si.


aquela que pode ser considerada a primeira parte do espetáculo terminou com "formentera", sem que o público esperasse o que ainda aí vinha. e apresentou um vídeo, no qual fala sobre o seu futuro e termina com uma mensagem: "somos la comunidade alpha".


três músicas que estarão no próximo álbum da artista fecharam, depois, o concerto: "los ángeles", "the killers" - apresentada pela primeira vez na véspera - e "los babys", que pôs o monte do gozo a dançar.

bottom of page