top of page
bewave.perfil.png

be wave.

. um blog para a cultura .

teatro oficina: mickaël de oliveira põe a criação no centro da equação

mickaël de oliveira chegou a guimarães para assumir a nova direção artística do teatro oficina por dois anos. o foco está, sobretudo, na criação.


© be wave

não estava à espera do convite, mas, "muito feliz", o dramaturgo e encenador mickaël de oliveira aceitou imediatamente. na bagagem, levou a experiência do teatro académico de gil vicente.


como "faz parte da missão de uma companhia criar peças de teatro", criar é um dos seus principais focos em guimarães. "ensaio técnico" é, assim, a sua primeira criação para o teatro oficina e a apresentação decorrerá entre setembro e outubro. o texto será escrito pelo próprio em parceria com os atores que serão selecionados em abril através de uma open call e pretende levar os "espectadores a mergulhar numa dimensão teatral".


ajudar a criar vem, precisamente, no seguimento do seu principal foco, criar. e as residências artísticas que leva para guimarães ocupam esse mesmo espaço com um acompanhamento técnico e dramaturgo aos artistas. o objetivo do agora diretor artístico é "fazer com que o artista não venha só ocupar um espaço, mas um espírito também", explicou.


é nesse sentido que nasce, também, a "linha de apoio à criação". vem dar apoio a artistas e estruturas relativamente, por exemplo, a candidaturas a concursos para financiamento, mas também no que à produção e preparação diz respeito.


entre março e julho, o teatro oficina propõe ainda apoiar o desenvolvimento de um texto literário na sua relação com a cena, através de uma bolsa de criação.


"a minha especialidade é a dramaturgia, é aquilo que mais me liga ao teatro e isto nasce de um projeto que queria fazer para mim. estes programas nascem porque há uma vontade de me querer usufruir deles", justificou quando explicou os "encontros de dramaturgia", que terão uma primeira edição já entre março e maio. um dramaturgo convidado vai desenvolver um texto com "o desafio de partilhar o seu processo com outros escritores" de teatro, dança ou performance.


para "pensar alguns impasses, desafios e perpetivas da criação", nasce "pensamento". um "espaço para pensar as coisas" que está previsto arrancar em abril e em parceria com a universidade do minho.


como tudo aquilo que é feito e pensado deve ter, na sua perspetiva, a finalidade da apresentação, "antestreia" vem ser a "parte pública e aberta" do projeto artístico do teatro oficina para 2023.

留言


bottom of page