top of page
bewave.perfil.png

be wave.

. um blog para a cultura .

rodrigo leão partilha o palco do ccvf com a sua filha rosa

. rodrigo leão visita guimarães a 20 de janeiro, após ter abraçado uma nova aventura: "piano para piano". este é um projeto que nasceu depois de uma encomenda do festival de piano em cerveira e que o levou a compor duas novas peças que foram o início de um novo caminho e de um novo álbum.


© direitos reservados

"piano para piano" é descrito como "uma viagem ao maravilhoso desconhecido" com assinatura de um dos mais celebrados compositores portugueses que, em palco, terá consigo a sua filha rosa. este será um registo intimista, que traduz a cumplicidade que só um pai e uma filha podem partilhar.


rodrigo leão é o primeiro a dizer que não é pianista, mas a verdade é que o piano tem surgido na sua obra como um complemento dos sintetizadores que já usou bastantes vezes para escrever melodias e pensar nos envolventes arranjos a que foi dando corpo com os ensembles que criou. dono de uma das mais reconhecidas discografias do nosso país, o músico, compositor e produtor tem conhecido o sucesso dentro e fora de portas.


a primeira parte do espetáculo será assumida por um concerto para piano solo de carlos maria trindade. depois de uma vida a tocar sintetizadores, o teclista de heróis do mar e dos madredeus volta ao piano no álbum "vitral submerso".


este concerto é um regresso às origens do artista, que apresenta as composições que criou a partir de 2018, quando recuperou para o seu estúdio o piano grotrian-steinweg quarto de cauda, fabricado em 1920 e comprado para ele pelo seu pai quando tinha apenas cinco anos de idade. o resultado dessa aventura solitária está no som das peças deste novo álbum, que vagueiam numa espécie de neoclassicismo assumido, fruto de sentimentos variados e de uma vida musical já bastante longa.

Comments


bottom of page