top of page
bewave.perfil.png

be wave.

. um blog para a cultura .

muita dança, a vénia aos fãs e o brinde de maluma

mais de 40 mil festivaleiros dançaram ao som de maluma n'o son do camiño. um concerto que deu início à tour europeia do "papi juancho" e que abriu com o seu mais recente single, "coco loco". todos sabiam para o que vinham: as roupas não enganavam.


© be wave

está mais que provado que maluma sabe o que faz. hit atrás de hit, sem parar durante a quase uma hora e meia que esteve em palco. e, mesmo quando o microfone desligou e tudo parecia ir mal, deu a volta por cima. em palco com um cão gigante insuflável, as bailarinas e a banda.


aqueceu o público calma mas rapidamente, com uma entrada acapella de "hawai". feliz. este foi o melhor adjetivo para descrever o cantor que fez questão de fazer uma vénia aos fãs que vão recordar sempre "aquella noche que" maluma foi a santiago de compostela.


sem corações partidos - ou com alguns, quem sabe -, seguiu com "11 pm". "cómo hacerte entender / / que conmigo tú te ves mejor // que en mi carro tú te ves mejor", cantou-se em conjunto.


"hp", "mojando asientos", "la curiosidad", "djadja" ou "party animal" levaram o público à loucura e abriram caminho para "felices los quatro" que parecia chegar no momento certo. "sempre que aqui venho sinto-me em casa, vocês são incríveis", disse maluma.


e foi mesmo antes de "sobrio", porque só assim fazia sentido, que maluma tentou fazer um brinde. tentou, sim, porque foi traído pelo seu micro. ainda assim, não desistiu. e depois realmente aconteceu. como fazem na américa latina, brindou com um "p'arriba, p'abajo, pa centro". "hostia", disse antes de beber, claramente feliz.


o fim parecia estar à vista, mas todos sabiam bem o objetivo da noite: ouvir um "bailaste hasta el amanecer". festa, muita festa. dança, como se pede, como sempre, neste concerto. e ainda houve tempo para passar a mensagem de que "la vida es una y es un carnaval", para cantar "vente pa' ca", "chantaje" ou "mala mía" e para terminar com "cuatro babys".

Comentários


bottom of page